Each1 Lyrics

O Rui e o Monstro by Each1


Monstro:
Mato almas cinzentas de pessoas sozinhas
Porque entre estas casas as ruas são minhas
Tu já não vês nada, isso nem se adivinha
As pessoas sensatas param mais acima (2x)
Vê se na tua cara que já pisaste a linha
(Já pisaste a linha)
Já pas*aste a minha

Each:
Era suposto eu ter medo do monstro
Tapar os ouvidos, berrar como um louco, fugir a pedir por socorro
Mas não foi o que eu fiz
Atrapalhar-me e tropeçar enquanto corro
Levantar me e começar a andar de novo
Ele atacar me mas sem me acertar no corpo, nah
Não vou ser igual aos outros
Eu vim conhecer quem está atrás do rosto enquanto me atacas só para ver se fujo
Não me metes medo muito menos nojo
Também gosto do sujo
Eu também não creio nem posso com o mundo
Por isso é que anseio esta hipótese há muito
Em vez do teu odio é o nosso em conjunto
Eu quero ajudar te

Vens comigo eu vou dizer-te onde é que bates
É o que eu sugiro mas tu é que sabes
Destruir o dobro em metade do tempo do que fazes, foder mais espaço
Obrigar o pânico a chegar a todo o lado, forçar o colapso, semear o lapso
Deixar o desânimo alimentar-se sem haver impas*e, sem deixar que pas*e tempo
Sem abrando nem desgaste, sem haver contraste
Entre o que tu criaste sempre que esmagaste gente
E o que era antes as*im durante anos 'tás na boca deles
Pensa nisto em grande, imagina o quanto nós o merecemos
Ainda falta tanto p'ro que pretendemos no entanto juntos falta menos
'Tão em causa muitos espancamentos, sofrimentos, choros e lamentos deprimentes
Imagina os gritos deles já aflitos com o fogo a consumir cabelos
A alastrar o rosto e a subir paredes - são agora só ruídos esquisitos
Facilmente confundidos com o silêncio
Já nem distingo o que é que é gente
Porque a forma da cinza nunca é diferente
Apenas os ossos queimam lentamente
Do vermelho ao preto até o cinzento e sair dos olhos um liquido espesso
Depois fica tudo o mesmo, reconheço
Quero o mundo do avesso
Há imenso tempo que eu espero pelo começo de uma guerra para haver sossego
Porque se eu pudesse por em desespero tudo o resto não sentia medo
Mas o que acontece é que eu nunca chego a onde quero só comigo mesmo
E por isso eu peço pr'a que isto comece cedo
P'ra fazermos como deve ser
Usava toda a força que eu pudesse ter e acabava com o que consegues ver


Each1 lyrics are property and copyright of their owners.
All lyrics provided for educational purposes and personal use only.
Commercial use is not allowed.

Comments

Search: Each1 / O Rui e o Monstro